sexta-feira, 30 de julho de 2010

Sonhos


Há um risco em sonhar quando estou acordado.
Meu mundo gira em volta de um ser que nunca existiu
(mas que tem sido o único capaz de me tirar deste abismo que me encontro agora).
Seus olhos me fitam noite adentro me impedindo de dormir
e quando o dia nasce sobra apenas sua imagem estampada em minha retina.
Venha! Ser Imaginário,
seja uma realidade após o ultimo minuto de ilusão,
toma minha mão na sua,
leve-me aonde fores capaz de me amar,
resgata toda luxuria que há em mim
e com um beijo adormeça cansado sobre meu peito ainda ofegante.



Que merda! To sonhando acordado de novo....

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Espero que exista alguém




There's hope someone (Antony and The Johnsons)




Espero que exista alguém
que cuidará de mim
quando eu morrer, quando eu for


Espero que exista alguém
que deixará meu coração livre
bom para me segurar quando eu estiver cansado


Existe um fantasma no horizonte
quando vou pra cama
como eu posso dormir a noite ?
como poderei descançar minha cabeça ?

Oh, Estou com medo no meio do caminho
entre a luz e lugar nenhumeu não quero ser o único
deixado lá, deixado lá

Existe um homem no horizonte
desejando que eu vá para cama
se eu cair nos pés dele esta noite
permitirá que eu descance minha cabeça?

Então aqui está a esperança,
não me afogarei
ou paralizarei na luz
e pedirei que não quero ir
para selar a linha

Espero que exista alguém
que tomará conta de mim
quando eu morrer, Eu irei

Espero que exista alguém
Que deixará meu coração livre
bom para me segurar quando eu estiver cansado.





Engraçado como algumas coisas acontecem na vida da gente que até nos assustam. Quando estava voltando de férias, tinha acabado de entrar no ônibus, saindo da cidade onde mora meus pais, e a primeira música que tocou no meu celular foi esta. Vc deve tá se perguntando: Tá o que tem de tão especial nisso? Acontece que esta música eu já escutei ela milhões de vezes e sempre achei ela linda, mas quando escutei neste dia não sei pq ela me tocou de uma forma diferente das outras milhões de vezes que a escutei. Bem, como inglês para mim é como física quântica, tive que esperar até chegar em casa para poder achar a sua tradução. Quando eu li fiquei de cara, pq esta múscia tem mais sentido para mim do que eu imaginava, ela fla justamente do que eu procuro, do meu maior medo, enfim ela me descreve como não poderia me descrever. O engraçado é que pq só agora ela veio me tocar desta forma que chegou a me chamar a atenção para procurar a sua tradução? (confesso que nem todas as músicas em inglês que eu gosto é pela letra) Sei que estes dias de férias mudaram alguma coisa dentro de mim, mas ainda não consigo saber exatamente o é que mudou. E como diz a música:


Hope there's someone
Who'll set my heart free
Nice to hold when I'm tired

terça-feira, 6 de julho de 2010

Untitle #16




Se é para sangrar,
vou começar pelo meu coração.
Não vou mais te esperar.
Amanhã,
acordo cedo e arrumo minhas malas para nunca mais voltar
e sentir de novo aquilo que me trouxe aqui.
Deixo contigo o vazio que criaste em meu coração,
vou dizer aos ventos o que nunca tive a oportunidade de lhe dizer,
já que estavas ocupado em outras bocas.
Vou deixar que evapore pelos meus poros,
o seu cheiro,
que um dia inebriou minha alma
e hoje me intoxica o coração.
Partirei em pedaços o que restou
daquele velho e surrado amor.
Desconstruirei todo os sonhos que um dia criei
e assim conseguirei viver...

...feliz...




...sem te amar.



É, por mais que eu tente este tema teima perseguir minha inspiração. Sei que falta um incentivo maior para que um dia isto venha mudar, mas enquanto nada acontece...

sábado, 3 de julho de 2010

De repente uma coisa


De repente,
uma coisa nova se instala onde não se deve estar: meu coração.
Uma fúria indescritível de querer,
uma força inimaginável de estar
e uma capacidade inexata de ser.
Branco dia que eu te vi caminhar entre corpos inertes de prazer,
negros olhos que rasgam minha retina
e todas as cores juntas a libertarem sentimentos perdidos dentro de mim.
Ainda acontece outra coisa,
não fujo mais desacordado por entre beirais de precipícios(isso que eu não entendo!).
Agora deixo claro para o tempo,
que distingue o subjetivo do concreto,
que por mais que minha imaginação esteja recoberta de ilusões,
valeu o gosto doce de sonhar em te sentir...

...ao meu lado...


...por um instante.



Esta é mais uma daquelas tentativas de escrever positivo para ver se acontece. Tá, confesso que foi pensando em uma pessoa, mas confesso tbm que esta pessoa nem sabe que eu existo. Ah, mas o que seriam dos poetas românticos se não fosse o amor platônico?(já se achando¬¬) Enfim, quem sabe um dia né?