domingo, 21 de março de 2010

A beleza do gesto



Você já Amou?

Pela beleza do gesto.
Você já mordeu?
A maçã com todos os dentes?
Pelo Sabor do fruto
A sua doçura e o seu gosto.
Já se perdeu algumas vezes?

Sim, eu já amei
Pela beleza do gesto.
Mas a maçã era dura,
e quebrei os dentes
Essas Paixões imaturas,
esses amores indigestos
Deixaram-me mal disposto
algumas vezes

Mas os amores que duram
Tornam os amantes exaustos
E o beijo deles demasiado maduro,
apodrece-nos a língua

Os amores passageiros,
têm febres fúteis
E o beijo demasiado verde
Esfola-nos os lábios
Porque ao querer amar
Pela beleza do gesto,
o verme da maçã
Escorrega-nos entre os dentes
Ele roe-nos o coração,
o cérebro e o resto
Esvazia-nos lentamente

Mas quando ousamos amar
Pela beleza do gesto,
esse verme na maçã
Toca-nos o coração,
o cérebro e deixa-nos
O seu perfume lá dentro

Os amores passageiros,
fazem esforços inúteis
As suas carícias efêmeras,
cansa-nos o corpo

Os amores que duram
Tornam os amantes menos belos
As suas carícias usadas
Dão cabo de nós


E vc já amou pela beleza do gesto? E a maçã era dura ou tinha um sabor doce?


2 comentários:

Ricardo Calmon disse...

DAS TIJUCAS FLORESTAS, ACABEI DE CHEGAR,DESDE AS SEIS DA MADRUGA,PENSEI EU,AO BANHAR-ME AVEC MÉRE GAYA, QUE SUPLANTEI O DIA E ESSE ESSE DOURADO SOL,AO PARTE DELE ME FAZER,COMO SE FOSSE,MAS...AO AQUI POUSAR E TE LER LER,PERCEBO QUE ESSE ESSE VIVER É PURA MAGIA,TRANSCENDE VOCE E TEU SOL,POIS PROJETASTES O SOL,COMO SE FOSSES,DESSE DESSE POST ATRAVÉS,MERCI,MERCI MERCI ET MERCI!

VIVA LA VIDA!

**Reborn** disse...

MERCI,MERCI MERCI ET MERCI!
Eu que tenho que lhe dizer meu amigo por tamanho elogio. Tua descrição de seu dia me fez viajar e me embrenhar nesta linda floresta.

Um grande abço!
Viva la Vida!