domingo, 28 de março de 2010

Ridi pagliaccio


Sob o riso fácil de não querer desejar alguém em especial, fragmento o dia em poesias de amor. Aonde foi parar aquilo que nunca prosseguiu por medo de ter que me entregar a alguém? Cada canto tem uma musicalidade inexata quando se pensa em deitar numa cama vazia de desejos. Ontem tive um aviso que vc estava aqui, mas num lugar em que não podia te alcançar, então me deixei cair pelas ruas em busca de outra companhia que não me deixasse marcas de uma noite de amor perdida. Então liberto meu riso nem tão fácil assim...




... para esconder sobre ele a dor de não saber ainda onde está vc.

6 comentários:

Luiza disse...

Mas que noite essa que não é esquecida, que tanto machuca e não te liberta,não te deixa se entrgar a tantas outras noites de intenso viver e sentir?
Essa noite tem que ser esquecida um dia, ou pelo menos apenas ter uma vaga lembrança do que passou e de onde está...ah se fosse assim tão simples né Renato?
Dizem que o tempo cura tudo, as vezes fico na dúvida sobre isso!!
Seu canto ta tão lindo, vc sempre com essa doçura ao mesmo tempo intensidade nas palavras, amo esse lugar.
Fica bem viu?
Beijo querido!!

Beta disse...

Caramba!!
Forte
Besos

**Reborn** disse...

É Luiza tem momentos na vida da gente que não adianta nos marcam demais e ai fica dificil de se libertar...

Mas quem sabe um dia isso num mude né?

Obrigado pelos elogios e que bom que gosta daqui.

Bjos!

**Reborn** disse...

Oi Beta Querida!
Nossa to até com vergonha de vc pois faz tempoq eu num comento em seu blog mas to passando por uma fase corrida e nem tenho tido tempo de parar para comentar, mas sempre dou uma passadinha por lá.

Obrigado querida pela visita.

Um bjão!

ivone fonseca disse...

Ei pode libertar este sorriso pq o q é seu virá, afaste seus fantasmas com seu belo sorriso sonhador e deixe as portas abertas para seu verdadeiro anjo de amor.

saudade

**Reborn** disse...

Oi Minha Querida Amiga!
saudades de vc....

Pode deixar viu que vou tentar seguir seu conselho....


Um grande bjo querida!