segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Luzes apagadas


Apagaram de novo a luz que ilumina meu caminho nessa direção sem fim. No escuro rastejo entre cacos de vidro...sentimentos despedaçados... vermes que me consomem... desejos que queimam minha alma... Escuto vozes que me arrastam para um inferno particular. Agora acredito que a solidão dos meus dias é só o que me resta. Não, não tenha pena de mim, isso sou eu que tenho dos covardes que não souberam me reconhecer a luz dos meus dias. O que me resta é estender a mão, mendigar mais um afeto e como um esfomeado me deliciar com as migalhas que jogam ao chão dos meus dias.

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Movimentos


Tudo parece a mesma coisa... um repetir de dias em sucessivas noites de solidão. Paro diante de uma rua aonde o movimento dos carros vem me mostrar o quão longe ainda estou daquele lugar confortável que eu escolhi para estar com vc. Caminho sem um lugar para chegar e em busca do seu olhar me perco em lábios que não são os seus. Os dias seguem iguais, queimando a cada instante em outros olhares que não me reconheço. Queria aquela canção que escolhemos para tocar na tv, que ligada ficava por toda a noite a iluminar nossos corpos em ardente sensação de prazer. Se por acaso algum momento resolver que estar por aqui venha me dizer o que sempre foi nosso amor. Mas tudo não deixa de ser a mesma coisa... um sonho a mais a me consumir em noites de sucessiva solidão... a busca incansável de um olhar que um dia me fez perder nessas ruas de movimento desigual.

domingo, 23 de agosto de 2009

No Palco


Há um possível rastro de sobriedade neste caminho que eu resolvi seguir. Ontem sem que eu pudesse pensar estive mais uma vez naquele lugar escuro, ermo, chamado minha alma. Revi conceitos divaguei sobre possibilidades e discuti a incansável perseverança que ainda busco tentar. Livre descansei minha mente numa cama vazia de emoções e deixei que o sentido exato de tudo isso, fluísse como mais um palco a me construir.



Só um a parte, esta figura linda foi um presente que ganhei do meu irmão que eu amo tanto: Lukas. Obrigado meu irmão!

domingo, 16 de agosto de 2009

Kiss me!


Não espere um beijo meu, arranque-o a força num impulso de desejo incontrolável. Há uma carência explícita em minha alma que não tem como cessar. Ande! me arraste para fora desta solidão... desvende meu mais profundo segredo .... descubra em cada parte do meu corpo o desejo que tenho escondido...sugue o meu ar... revire meus olhos... derrame sobre mim todo seu arsenal de sedução e me deixe estendido descansar em seus braços, até sentir novamente o calor de seus lábios inundarem minha alma... em mais um incontrolável desejo por um beijo seu.

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Um presente para vc!



Depois de muito pensar, de procurar uma maneira que pudesse expressar o que eu senti quando voltei aqui e vi tantas declarações de carinho e de apoio o único jeito que eu achei de agradecer foi esse lhes dando meu coração.


Ida Minha Querida: engraçado vc dizer isso pois acho que essa pessoa que amamos tanto já havia nos aproximado muito antes e para mim é uma uma honra poder hoje te chamar de amiga.

Luiza: Obrigado por toda atenção que tem me dado e pelo carinho.

Clarinhaaaaaa: ai minha querida fiquei curioso para saber o que foi que vc sonhou comigo, nossa desse jeito vc me mata de curiosidade, já pensou, ter a honra de estar no sonho de uma pessoa tão maravilhosa como vc? Muito obrigado pelo carinho!


Rafa meu querido amigo: nossa que felicidade ver vc aqui e ainda mais sabendo que vc ta com um blog tbm. Já até add ele entre os meus favoritos e depois quero ir lá para comentar. Obrigado meu amigo!


Meu Irmão querido: que bom ter vc aqui, afinal não me canso de te dizer o quanto sou fã do que escreves e como vc mesmo diz tenho até crise de abstinência quando fica sem postar. Obrigado pelo carinho meu irmão! Te amo sempre!


Elcy minha amiga: só vc mesmo viu?... achei lindo saber que inspiro vc de alguma forma, nossa isso para mim é mais que uma honra. Muito obrigado querida!


Minha Querida Amiga Ivone: olha nem vou dizer nada para vc, pq vc simplesmente acabou comigo de vez. rsrsrsrrs (Brincadeira). Agora falando sério, como eu disse ao Meu Irmão, acho que o presente que vc postou para mim no seu blog foi um dos melhores presentes que eu poderia ter ganhado na vida. Sabe eu estou completamente extasiado com tamanha homenagem. Não sei nem o que dizer... só te digo que me sinto imensamente honrado em saber que meu blog um dia se tornou o blog de cabeceira de uma pessoa tão especial como vc. Agradeço de coração!!

E a todos aqueles que vem até aqui mas que não comentam, mas que esquecem um pouco de suas vidas para ler este blog o meu muito obrigado mesmo.








quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Até mais!


Bem, depois de muito pensar e de várias tentativas frustradas de manter o blog atualizado decidi por dar um tempo daqui. Diferente do que possa parecer este espaço para mim vai muito além de um lugar onde coloco textos, este é verdadeiramente aquele canto escuro que eu sempre me abriguei quando precisava entender o que acontecia comigo. A cada dia este canto acabou por se tornar uma das coisa mais importantes para mim pois aqui recebi o carinho, a atenção, e o conforto de pessoas tão especiais, pessoas estas que nunca tive o prazer de conhecer pessoalmente, mas que souberam me entender e dedicaram um tempo de suas vidas para demonstrar tanto carinho. Não vou citar nomes, bastam olhar os comentários e a lista de seguidores. A todos vcs eu peço desculpa por tomar esta atitude, mas posso-lhes garantir que é com muita dor no coração que tomo esta atitude.

Um grande bjo a todos vcs!