domingo, 3 de janeiro de 2010

Untitle #14


As sombras que cruzam o meu espaço me lembram o quanto ainda busco por este amor recolhido. Escondi ele no fundo de um armario em busca de sentimentos que não doam tanto quando penso em vc. Só bastava um toque, um olhar, uma palavra qq para me dizer o que os sonhos vem me revelar no meio da noite quando febril acordo em devaneios por crer que vc poderia estar ali. Mas não, vc foi dormir em outros campos longe deste espaço delimitado chamado: minha cama. Então brinco com as sombras que formam sua imagem sobre meu lençol...



... pelo menos, com elas, posso sonhar que tenho vc.

Primeiro post do ano de 2010. Tá bom, sei que vc ta vendo e num tem nada a ver isso, mas tdo bem...

8 comentários:

Luiza disse...

É bem isso, um pequeno gesto como um toque, uma palavra já é o bastante qdo a gente ama e esse amor insiste em se manter longe, não se revela, se vai deixando só sombras...
Não gosto de sombras, elas são assustadoras, mesmo que desse amor só elas insistem em ficar!!
Bjs...

http://erick disse...

Adorei e senti profundamente esta tua ''tristeza'', nostalgia, enfim, ameiiiiiiiii, tão profundo, podia ser mais longa, para ter eu mais prazer...é o que sinto...

Renato disse...

Oi Luiza!
Quando não se tem alguém para amar as sombras vem para aliviar a dor de estar sozinho só isso mesmo.
Obrigado pela visita!
Um grande bjo!

Renato disse...

OI Meu Querido!
Que bom que gostou! Acho que até teria algo mais tem horas que nos fltam palavras para deixar claro o que sentimos.

Obrigado querido!

Paty disse...

aii q lindo...

eh infelizmente as vzs soh nos resta as sombras...

adorei seu blog..jah estou lhe seguindo.

se puder olha o meu, eu faço poemas.e eh claro se puder me seguir ...


bju

Renato disse...

Oi Paty!
Seja muito bem vinda ao meu Canto Escuro! è um prazer ter sua presença aqui e me sinto lisonjeado que tenha gostado e ainada mais que está me seguindo.


Já dei uma olhada por cima no seu blog mas quero voltar com mais tempo tanto que já estou lhe seguindo.


um grande bjo!

ivone fonseca disse...

Asd vezes precisamos de tão pouco neh!!!


bjuuuuuuuuuuuuuuuu

Renato disse...

Ah Minha Querida com certeza! Ainda bem que não somos muito exigentes. rsrsrsrsr


Bjooooossss!