sábado, 5 de setembro de 2009

Um novo olhar


Com o cuidado simples e puro, deixo acontecer um brilhante resplendor nos meus olhos. Olhos estes que já viram o inferno, que queimaram em desejos não concebidos, que se afogaram em noites de torrenciais lágrimas de dor e que viram o amanhecer solitário dos que não sabem amar. Me diga o quero ouvir "eu te amo", quando a noite cai sorrateira num campo de estrelas, plantadas para alimentar este olhar que ganhou um novo sentido. Se ao menos hoje estivesse aqui ao meu lado, te daria com todo cuidado, o mais puro brilhante que resplende de minha alma, quando vejo que seus olhos se encerram...



... sobre minha boca.

4 comentários:

Luiza disse...

Posso usar seu desabafo para meu desabafo? Sem precisar pagar direitos autorais?
Te gosto de montão, mas estou sem inspiração agora!!
Bjs da Lu!!

ivone fonseca disse...

Os olhos... ae estas janelas magnificas q nos trazem o mundo e com ele os encantos as cores o universo de coisas boas e derradeiras q nos fazem querer mais... querer segurar o amor pelas mãos pedir q nos acompanhe, nos faça cia ou simplesmente nos permitas trocas deste olhar.


lindo

idars disse...

Renato, estes olhos sem duvidas já viram muita coisa que nao deveriam ver, sei disso, mas esta frase tranquilizou meu coracao

"plantadas para alimentar este olhar que ganhou um novo sentido."

Vc vai ouvir o que quer...como sei? Só sei que sei...confesse esta foi profunda..kkkk..brincadeiras à parte, vai ouvir e sentir pq merece, simples assim.
Bjo gde meu querido

clariinha.santana disse...

Coisa maravilhosa de se leer.. Encantador e profundo! Adorei meesmo :)