segunda-feira, 15 de junho de 2009

Untitle # 7


Acabou meu cigarro, esgotou meu sonho, bato de frente com a solidão, última réstia de sentido em minha vida. Agora vai embora o meu desejo, deixando um adeus de quem nunca esteve aqui. Onde foi parar o sentido que eu tinha dado a vc? Virou pó, com o luar escaldante dos amantes que ardem em desejo. Resta-me apenas deixar que o dia vença a noite e acabe com esse pesadelo de não ter vc.

8 comentários:

Clarinhaaa disse...

Dor de amar é bem dolorida!

aiai... doi aqui ó!

beijos
=)

Luiza disse...

Antes de vir no seu blog hoje, estava vendo umas frases (é uma das coisa que adoro fazer),
achei uma, amei, salvei para mandar para colocar no meu perfil, mas depois vim dar bom dia para seu blog,e me deparo com uma postagem nova, linda, para mim tinha tudo a ver com a frase, não sei se vai ter o mesmo impacto para ti, pois cada um é cada um, mas meu coração me "intimou" dizendo: essa vc tem que postar para o Renato, procure outra para seu perfil. Obedeci, acho que meu coração raramente se engana, mas se engana, sempre sou a última a saber, então sigo o que ele manda sem questionar.
Lindas palavras como sempre, vc me comove.

"Todas as coisas são possíveis até que elas são comprovadas impossíveis - e mesmo o impossível pode somente ser assim agora."

Beijo de alma, de beleza, de coração.
Te gosto muito.

ivone fonseca disse...

Se for para morrer q seja de amor... até pq daqui a algum tempo tudo isto é só passado então ja q é pra ser q seja intenso.


Bj bj bj t+

Renato disse...

Ai,ai Clarinha!!!
Acho que é a dor mais dolorida que existe. rsrsrsrsrsrsrs
Obrigado por estar aqui!
Um bjo!

Renato disse...

Oi Luiza!
Com certeza tem tdo a ver mesmo a frase. Agradeço de coração por todo este carinho. Seu coração estava certo.
Um grande bjo!

Renato disse...

É minha querida Ivone, nada melhor que morrer de amor né?
Afinal: Que seja imortal posto que é chama mas que seja infinito enquanto dure.
Um grande bjo minha querida!

Erick H Benetnasch disse...

Já perdi esta sensibilidade, espero que tenha esta sorte ou esta maldição algum dia.

Renato disse...

Meu querido amigo Erick!
Olha já nem sei mais tbm se isso é uma maldição ou uma sorte, mais parece uma maldição. rsrsrsrrs
Um grande abço!