segunda-feira, 1 de junho de 2009

De volta ao canto mais escuro do meu quarto


Acabou! Já era! Só eu que ainda não percebi. Do meu lado cachorros uivam anunciando que lua hoje foi fazer festa em outro lugar, longe deste espaço ermo que se tornou meu coração. Já não consigo mais respirar, já não vejo mais um olhar que me traga interesse. Agora é assim, a solidão e eu, num campo de asfalto e poeira. Já dizia meu antigo algoz: a culpa é sempre sua... não adianta fugir. Resta-me agora vestir as velhas máscaras, erguer de novo o velho muro e voltar a este Canto Escuro do Meu Quarto, de onde aprendi...


...nunca vou poder sair.

17 comentários:

Bleeding Angel disse...

Poxa meu irmaum... Coisa triste retornar a net e te ver assim. Tbm passei por uns perrengues por aki, mas naum podemos nos entregar. Saia desse canto escuro, tente ver a luz...
Fik com Deus.
Te amo irmaum!
E eh um amor verdadeiro de irmaum, o irmaum q eu nunk tive...

Erick H Benetnasch disse...

Amigo, eu estou aqui contigo, estamos nas escuridão sim, mas não estamos sozinhos, temos duas companhias, sempre, acredite. Obrigado por deixar-me ver tua alma.

Luiza disse...

Eiiii!!!
Acabou???? De jeito nenhum!!
Não vai voltar para o canto mais escuro, força ai... estamos do seu lado, não sou de muita ajuda, mas te dou minha mão e te ajudo a levantar e seguir em frente, onde não tem escuro, VAMOS???
Estou contigo.
Bjs

Gê Gaia disse...

Querido amigo/poeta solitário!
Saudadeeee....
Vc jamais está sozinho, pois é uma pessoa que tem luz interior e muitos amigos, embora longe, mas são amigos de coração.
Bjim de pão de queijo procê.

Clarinhaaa disse...

ahhhhhhhhhhhhhh nãããão...

pode levantar a cabeça... abrir as janelas... e ir a luta meu anjo!!!
nada de se afogar aí não..

ainda mais no escuro!!!
Cuidado com o bicho papão hein!!!!
hehehe

beijos

Renato disse...

Oi Meu Irmão!
Com certeza não podemos nos entregar nunca afinal somos como fênix num é?
Te amo meu irmão! saiba que este amor de irmão mais velho é literalmente recíproco.

Renato disse...

Oi Erick!
Que bom poder escutar isso de vc. Apesar de te conhecer a tão pouco tempo tenho por vc um verdadeiro sentimento de amizade.
Saiba que pode contar sempre comigo.
E obrigado por estar aqui.
Um abço

Renato disse...

OI Luiza!
Agradeço ao carinho e a grande ajuda que me dá. Só de estar presente aqui já me ajuda demais.
Um grande bjo e obrigado pelo carinho.

Renato disse...

Gê Minha Querida Amiga!
Que saudades de vc!
Obrigado querida pelo carinho e pelas palavras tão gentis, pois sei que são de coração.
Bjos de doce de leite para vc!

Renato disse...

Oi Clarinha!
Pode deixar que vou seguir seus conselhos viu? E vc tem razão, já encontrei o Bicho Papão uma vez e num quero econtrar com ele mais não. srsrsrsrsrsr
Obrigado minha querida!
Um bjão!

Renato disse...

Agradeço a TODOS que iluminaram este canto com palavras tão carinhosas e verdadeiras. Ainda bem que tenho vcs para trazerem luz para este canto.

Alisson Souza disse...

POXA BEM TRISTE ISSO..
A GUERRA É LONGA MAIS TAMBEM NADA VEM DE GRAÇA.. PRECISAMOS SER GUERREIROS..!!

ABRÇS!!

Renato disse...

Oi Alisson!
Realmente vc tem toda razão, nada vem assim de graça mas temos forças para poder lutar e isso que importa.
Obrigado pela visita.
Um grande abço!

idars disse...

Triste este Canto Escuro, mas nao inatingivel por mais fechado que seja sempre existe uma luz ou uma fragancia que penetra delicadamente iluminado e perfumando este canto.Sua sensibilidade emociona e demonstra que esta luz existe, confie nela
Bjo, fique com Deus

Renato disse...

Sim minha querida Ida, existem sempre luzes muito intensas como vcs que vem para iluminar este canto e trazer seus perfumes.
Um grande bjo e obrigado pela sua teimosia.srrsrsrs

Águas Escuras disse...

É isso ai meu amigo, sempre voltamos para nós mesmos. Eu deicidi assim tbm, porem com uma diferença, estar mais a frente, veja em COMO UM CONTO, que escrevi hoje. Irei alem, vamos?

**Reborn** disse...

Sim meu amigo, as vezes é preciso voltar a nós mesmos para recuperamos as forças, visualizarmos o caminho e assim e depois de cicatrizadas as feridas levantamos muito muito mais fortes para seguirmos em frente.

Um grande abço!