quinta-feira, 7 de maio de 2009

Poeminha


Em um canto escuro
um menino se esconde...

sozinho,

culpado,

encolhido para não ser descoberto.


Em um canto escuro
um menino esconde...

lágrimas de dor,

o coração dilacerado,
a inocência extirpada.

Em um canto escuro

um menino esconde de...

fantasmas,

demônios,

assombrações do seu passado.


Um escuro canto esconde um menino... que para ser homem recomeça do fim.

12 comentários:

Gil. disse...

...que todo fim tenha um começo!
[sempre]

Renato disse...

OI Gil!
Amém! srsrrs
Obrigado querida pela sua presença aqui.
Um bjão!

Luiza disse...

...e que esse começo, seja no futuro, apenas um passado de boas lembranças, para um menino ou para um homem!!
Um dia, tive a "ironia" de dizer à um amigo que o passado a gente esquece, tentei apenas me enganar.

Amei encontrar o "Poeminha".
Bjs!!

Renato disse...

Oi Luiza!
Bem, infelizmente por mais que o tempo passe o começo nunca terá boas lembranças, e por isso mesmo começo do fim, pois como vc mesmo disse engana-se quem acredita que consegue apagar o passado.
Obrigado pela visita!
Bjos!!

ivone fonseca disse...

Talvez ele não esteja se escondendo, talvez ele só esteja na espera de alguém q o encontre realmente... as vezes é necessário se esconder para q seja percebido sua ausência... ausência sentida por si proprio.
O importante é que ele consiga perceber q a lacuna q fica enquanto ele se esconde é demasiadamente grd, e seu retorno é esperado com carinho e sobre recomeçar do fim.. não sei pq o futuro é só um minuto após..

Pensadora disse...

Que bom que voltou...

Lêda Maria disse...

Conheço pessoas que são/estão,como esse menino.
Mas o importante mesmo,é recomeçar.

Lega's o peminha ;)

Renato disse...

OI Ivone!
Bem que ele gostaria mesmo de ser notado pela sua ausência, mas isso não foi possivel pois a as pessoas estão mais interessados naquilo que elas querem enxergar e escondido fica mias dificil de ser notado.
Agradeço as lindas palavras e pela sua visita aqui. Muito obrigado mesmo!
Um grande bjo!

Renato disse...

OI Minha Querida Pensadora!
Obrigado pelas boas vindas e tô adorando a série gripe suína num perco um capítulo. rsrsrsrsrsrrs
Um grande bjo!

Renato disse...

Oi Lêda!
Muito grato pela sua presença, fico muito feliz em receber sua luz aqui.
pois é infelizemnte existem muito mai spessoas escondidas do que imaginamos.
Um grande bjo!

Bleeding Angel disse...

Meu irmaum, me idenfifiquei tanto com esse poema qndo o li. Como Leda disse, o importante eh recomecar, mas a dificuldade deste recomeco eh q eh complikda, pois o passado sempre esta e sempre estara presente, sempre a espreita, infelizmente... Me comoveu mto seu poema.
Abracaum!
Love ya!

Renato disse...

Oi Meu Irmão!
Imaginei mesmo que isso fosse acontecer infelizmente :(
Mas sabe meu irmão aprendi que o recomeçar é uma constante em nossas vidas, e que a cada vez que o passado nos toma, é o momento para recomeçarmos.
Que bom ter vc de volta aqui, tava com saudades.
Um grande abço!
I love too