quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Sonho


Foi só uma noite de sonho.
Um sonho daqueles que vem sem vc esperar nada.
Um sonho com cheiro, com toques, com prazer...
Um sonho tão real que cheguei a acreditar que estaria vivendo no paraíso que nunca entrei.
Um sonho que acreditei que poderia continuar mesmo que distante.


Mas o sol nasceu lançando sua luz sobre razão
e me acordando daquele que tenho certeza,
foi o sonho mais lindo que já tive.

sábado, 15 de novembro de 2008

Erros


Não são apenas palavras, são gestos que marcam a alma com um vazio enlouqecedor.Quando foi que ue enlouqueci? já faz muito tempo, numtempo tão remoto que apnas flash vem assaltar de madrugada quando em sono profundo rvivo o meu maritrio. Aonde foi parar vc? Pernguta que insisto em repertir milhões de vezes sabendo que a resposta é uma só: Não existe vc sou apenas eu, sempre serei só eu, nunca serie nós. E sabe pq? porque num canto escuro de uma quarto só há espaço para um ser e o quarto é meu. Queria eu poder voltar a ter no rosto o feliz dia em que nasci mas minha morte carregou o meu caminhar potr um abismo sem fim e quando a um passo sobre navalha esquivo para ser feliz despenco sobre rochas que cortam minha pel e massacrm minha carne com uma dor que só o coração é capaz de sentir. Por isso vou-me embora para o lugar de onde não nasci, em busca da morte que vai me libertar daquilo que não vivi.


Ador que vem do meu coração, parte da incapacidade que tenho de amr.

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Esta noite, por mim, não chore


Esta noite, por mim, não chore.
Ponha no rosto o seu melhor sorriso e saia para dançar. Olhe nos olhos aflitos de paixão que te rodeiam e deixe que eles te tomem na mais pura intenção de prazer. Se entregue aos desejos mais sórdidos de sua alma até desfalecer num cansaço de puro extase.

Esta noite, por mim, não chore.

Deixe que o dia te leve aos lugares mais incríveis de sua alma. Busque o campo mais florido da primavera e nele se refastele como se nada mais fosse importante. Deixe que a brisa calma venha te envolver suavemente sua pele, seu coração e sua alma cansada.

Esta noite, por mim, não chore.

Brinque de roda, ciranda, pega-pega ou qualquer brincadeira inocente que um dia vc aprendeu. Deixe que a inocência dos dias sem preocupação tomem conta do seu ser e te faça cada vez mais feliz. Deixe que o riso saia solto, alto e sincero contagiando a quem estiver ao seu lado.

Eu lhe imploro...todas as noites... por mim...não chore.

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Está chegando o dia da minha morte


Está chegando o dia da minha morte.
Maldito nome que me leva ao inferno
para depois me devolver do céu
como um recém nascido.
Mal formado,
incompleto,
sem emoção nenhuma.

Está chegando o dia da minha morte.
Ato final de um ciclo
que se repete insistentemente
desde que me mataram pela primeira vez.
Morte silenciosa,
secreta,
estúpida,
e violenta no fundo de um quintal.
Renascimento doloroso,
sujo,
vergonhoso,
e solitário em noites insones de medo.

Está chegando o dia de minha morte.
Não precisa preparar seu traje mais elegante de luto,
não precisa derramar uma lágrima sequer,
muito menos jogar uma rosa sobre minha sepultura.
Basta olhar em meus olhos opacos,
tocar minha pele gelada
e me envolver em um abraço,
confortante, seguro e afetuoso,
quebrando esse ciclo vicioso.

Por isso grito bem alto:
O DIA DA MINHA MOTE ESTÁ CHEGANDO.

domingo, 2 de novembro de 2008

E hoje o sol nasceu



Quantas luas ainda vão iluminar nossos caminhos? Vislumbro um horizonte de marcas que não querem sumir, que trazem dor a cada centímetro da minha pele. Dor que um dia nos uniu, com força capaz de mudar o rumo dos oceanos que nos separam, trazendo para perto nossas almas perdidas, levando-nospela estrada do paraíso que tanto sonhamos estar como meninos que nunca fomos, longe de lobos assassinos que massacram os corações dos inocentes. Poderemos então sentar num pedra para ver o sol. Olhe, veja só, ele nasceu e com ele tenho a certeza que não estou mais só, pois em algum lugar sei que vc vai estar contemplando o mesmo brilho que ilumina minha retina, que quebra o gelo que há em meu coração, por um dia ter ousado te receber como um verdadeiro irmão.