segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Esta noite, por mim, não chore


Esta noite, por mim, não chore.
Ponha no rosto o seu melhor sorriso e saia para dançar. Olhe nos olhos aflitos de paixão que te rodeiam e deixe que eles te tomem na mais pura intenção de prazer. Se entregue aos desejos mais sórdidos de sua alma até desfalecer num cansaço de puro extase.

Esta noite, por mim, não chore.

Deixe que o dia te leve aos lugares mais incríveis de sua alma. Busque o campo mais florido da primavera e nele se refastele como se nada mais fosse importante. Deixe que a brisa calma venha te envolver suavemente sua pele, seu coração e sua alma cansada.

Esta noite, por mim, não chore.

Brinque de roda, ciranda, pega-pega ou qualquer brincadeira inocente que um dia vc aprendeu. Deixe que a inocência dos dias sem preocupação tomem conta do seu ser e te faça cada vez mais feliz. Deixe que o riso saia solto, alto e sincero contagiando a quem estiver ao seu lado.

Eu lhe imploro...todas as noites... por mim...não chore.

11 comentários:

ρι disse...

mais um que compartilhamos Renato... Sinto essa mesmo coisa que senti em sua expressão no poema. Ao invés de chorarem por nós como se estivéssemos sendo velados, seria bem melhor sorrirem, pq só aí é que poderiam nos contagiar um pouco e nos fazer amar um pouco...
Sinto como vc...

Ana disse...

Que lindo poema Renato...
Fico feliz de voltar aqui e ver tantos poemas lindos...

Estou vestindo a camiseta de fã do Renato \o/

Parabéns...

Beijos
=***

Renato disse...

Oi Emmanuel!!
Nossa Emmanuel adorei o sua interpretação, não o tinha visto por este lado, aliás para ser sincero nem tinha entendido muito bem ele pois o escrevi meio que num transe.rsrsrsrsrsrrrs
Obrigado pela visita!!
Um abço!!

Renato disse...

Ana Minha Querida!!
Eu que fico feliz em ter a sua presença aqui. Essa da camiseta eu achei ótima! kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Um bjão e obrigado!

Renato disse...

Oi Meu Irmão!!
Que bom que gostou do texto. Na verdade este texto era p ser um pouco diferente, mas achei que ficaria pretensioso demais. rsrsrsrsrsr
Esta parte em especial que vc citou eu escrevi pensando que ao invés de chorar pq não buscamos o que há de mais puro dentro da gente: a inocência. Se foi dirigido a alguém em especial? Acho que nem preciso dizer né?ssrsrsrrssr
Obrigado!!
Amo vc meu irmão!

Tárcio disse...

é um pedido difícil... pra quem pede e pra quem tem que obedecer!!!

como sempre, gostei bastante!!!
(:

Renato disse...

Pois é meu amigo Tárcio, realmente não facil p nenhum dos lados.

Obrigado pela visita!
Um abço!!

Lilian disse...

amei o poema!
Parabéns Renato!
Bjs.

Renato disse...

Oi Lilian!!
Que prazer ver vc aqui de novo. Obrigado pelo elogio e volte sempre que quiser.
Um bjão!

Dbora^^ disse...

olha cara nunka tinha visto algu assim...
isso eu posso te dizer com a maior sinceridade.. éh lindooo os teus textos e poemas... ameii todos^^.
bjãooooo

Renato disse...

Oi Débora!!
Nossa que isso,fico até sem graça com tamnho elogio. rsrsrsrsrsr
me sinto lisonjeado de ter vc por aqui, fique a vontade.
Um grande bjo e muito obrigado!