quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Risco no céu


Risco no céu uma estrela de brilho intenso para acordar quem não precisa de mim. Longe vai o meu caminhar a procura de vc. Longe está minha alma cansada de tanto acordar sozinha em mais uma manhã de puro entardecer.Ainda descubro em qual coração maldito vc foi morar. Ainda te encontro numa rua sem saída para nós dois. Então vou riscar no céu mil estrelas incandescentes e acordar o mundo só para te dizer: Eu te Amo!

4 comentários:

Ana disse...

Nossa que poema lindo Renato!!!
Sem palavras para explicar a grandeza dele...
Beijos
=***

Renato disse...

Oi Ana!!
Obrigado pelo elogio, fico feliz em saber que vc gostou.
Um bjão

Tárcio disse...

O.O
Nossa, o quê aconteceu com você?
Sumiu!!

Denisd disse...

Perfeito!