quinta-feira, 10 de julho de 2008

Pequena homenagem aos meus amigos




Um dia longe deste lugar vi um caminho que levava a um esconderijo. Parei de frente a essa caverna e com o coração acelerado tentei ver o que havia dentro daquela escuridão. Num instante de dúvida deixei que meus passos me guiassem sem perguntar para onde eles queriam me levar. Caminhei de olhos aberto como um cego anda no dia claro. Andei devagar. Tentei usar o tato mas perdi todos os sentidos. Parei. Minhas pernas não correspondiam a minha vontade e estacado deixei que o medo tomasse conta de minha mente, meu corpo e minha alma. Quando senti uma mão a tocar meu ombro. Desesperado impedi que se aproximasse. Mas a mão permanecia insistente em meu ombro. E do silêncio apavorante que me cobria ouvi uma voz que dizia: Não tema meu amigo estou aqui para juntos seguir esse caminho. É isso, meus caros leitores que por instante se aconchegam nesse canto, existem pessoas que aparecem quando menos esperamos, sem saber quem vc é, desprovidos de qualquer julgamento, mas que no meio da escuridão são capazes de estender a mão para te trazer conforto e segurança nessa caminhada. Seu nome, é uma palavra tão pequena mas com um significado gigantesco: AMIGO.


Obrigado a todos os meus verdadeiros amigos!

8 comentários:

Diário de Ana disse...

Renato que texto mais lindo, lindo demais mesmo... Digo de coração...
Você tem muito talento e muita luz sabia... Tem um dom maravilhoso...
Parabéns Parabéns...
Ah fiquei sem palavras diante de tal beleza...

Borboleta de sonhos disse...

Que lindo, rê!!
NOssa!!
beijos, kiwi!! rss

Renato. disse...

Muito obrigado Ana, fico muito feliz que vc tenha gostado.

Renato. disse...

Vlw Ju! Que bom que vc gostou tbm.
Muito obrigado

Lucas Nietzel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Renato. disse...

Vlw Lucas! Fico lisonjeado de ter um fã como vc pois afinal de contas sou seu tbm. rsrsrsrsr

Tárcio disse...

amigos!
é o que tenho agora...
os poucos e bons...!


bonito texto!
bela homenagem!

Renato. disse...

Mas não importa o número Tárcio o importante é que eles existam.
Obrigado pela visita!