sábado, 12 de julho de 2008

Como sempre, solidão!



De acordo com o Dicionário Michaelis, solidão significa: 1 Condição, estado de quem está desacompanhado ou só. 2 Lugar ermo, retiro. 3 Apartamento, isolamento. 4 Caráter dos lugares ermos, solitários. Mas este significado está longe de corresponder a realidade. Exemplos? A celebridade que vive rodeada de pessoas que só querem tirar proveito da fama. O sujeito rico que vive cercado de pessoas interessadas no seu dinheiro. O popular da escola que vive rodeado de amigos só porque ele faz sucesso com as meninas... e por ai vai uma lista de situções que vocês podem pensar: ah! mas isto é óbvio porque nesses casos existem o interesse. Tudo bem, mas por estes casos já cai por terra o sentido da palavra descrito nos dicionários. Mas também não é essa solidão que quero falar, está muito além disso. Existe uma solidão que se encontra dentro do coração, que não tem a ver com a presença física de uma pessoa ao seu lado, mas a presença de alguém dentro dele. É a mulher que vive com o marido mas se sente sozinha, não porque ele não seja um bom marido mas porque ele não é capaz de completá-la . É o filho que mora com os pais mas se sente sozinho, não porque os pais não o amem e não lhe deêm atenção, mas porque não compreendem o que ele sente. É o garoto que tem vários amigos mas se sente sozinho, não que a amizade deles não seja sincera em relação a ele mas ele não consegue confiar nos seus amigos pois tem medo de ser rejeitado... Falar e não ser escutado, entender e não ser entendido, tocar mas não ser tocado, assim vai uma lista de atitudes que descrevem essa solidão que toma a gente, impregna a alma e impede que se deixe compartilhar qualquer sentimento com alguém. Não é uma coisa que nasce de momento, são anos e anos para que ela se instale completamente. Um olhar repreendido, a inocência violentada, um desejo não assumido, culpa de não fazer o que é certo, medo de se entregar... Coloque tudo isso num caldeirão aqueça em fogo brando e você vai saber que a solidão vai muito mais além do que simples palavras descritas num dicionário qualquer.

10 comentários:

Diário de Ana disse...

É incrivel o numero de pessoas que passam por isso e não admitem... ou melhor algumas mentem pra si mesmas, infelizmente já fui uma delas...
Um texto bem tocante Renato, sei perfeitamente o que quis dizer e o que é viver nele...
Beijos
=***

Renato. disse...

Oi Ana!
Pois é, infelizmente isso é mais comum do que pensamos. Que bom que vc gostou vlw por sempre me visitar!

Lucas Nietzel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Borboleta de sonhos disse...

Como sempre!!
ótimo!!

Renato. disse...

Oi Lucas!!!
se este texto saiu devo isso a vc, se lembra da nossa conversa sobre isso e que eu não soube te explicar como era a solidão que eu sentia? Depois de muito pensar no que vc me disse foi isso que saiu. rsrsrsrsrsrr
Muito obrigado meu amigo-irmão

Renato. disse...

Oi JU!!!!
Muito obrigado querida!!
Como sempre é gentileza sua. rsrsrsr
Bjos!

Tárcio disse...

Tens toda razão!
Descreveu com exatidão a solidão!

Bonito texto!

Renato. disse...

Oi Tárcio!!
Obrigado!! Só tentei mostrar que o que muita gente diz que é solidão tá longe daquilo que ela realmente significa.


Vlw mesmo!

Eder Diogo disse...

OI Renato :D

Belo texto.. como sempre.

Não canso d te dizer, como fico admirado com sua capacidade d transcrever os seus sentimentos de uma forma tão bonita e direta...

vc sabe, quando os leio, sinto q foram tiradas de mim suas palavras..


um abraço amigo.. :)

Renato disse...

Oi Éder!!
Poxa kra fico até sem graça com tantos elogios, ainda mais de uma pessoa tão culta como vc. Muito obrigado mesmo.

Vlw pela visita meu amigo:)